ASS Tags

Caracteres especiais

É nada mais do que os códigos presentes nas linhas, ele sempre ficará fora das barrinhas, *aqui* “Texto” *aqui*, e será usada no meio ou começo das linhas.

Quebra de linha suave

  • \n
Inserir uma quebra de linha forçada, mas somente ao usar a tag \q , no seu segundo modo (\q2).
Em outros casos , isso é substituído por um espaço. Isso é quase inútil. Você provavelmente optará por usa o \N.

Quebra de linha rígido

  • \N
Inserir uma quebra de linha forçada, independente de como a linha esteja.

Espaço Forçado

  • \h
Você irá inserir um espaço forçado, a linha nunca irá quebrar antes ou depois do espaço. (Geralmente uso em type)

Tags de Controle

Essas tags também só aparecem dentro das barrinhas {Código}.
Elas têm duas categórias: As que definem a linha e as que modificam o texto. \pos, \move, \clip, \iclip, \org, \fade e \fad , são da primeira categoria; todos os outros estão na segunda. As Tags da primeira categoria devem aparecer no máximo uma vez por linha, e sua localização não importa. Além disso, alguns são exclusivos, como: \pos e \move; \clip e \iclip; \fad e \fade. Caso haja muitas dessas tags numa linha, o resultado final poderá não ser tão satisfatório.

As Tags da segunda categoria modificam todo o texto, até que sejam canceladas por outra tag, como a {\r}.

Tags sempre serão formadas da mesma forma. Elas começam pela \ , o nome, e depois vem o parâmetro que será usado.

Existem certas tags que são “complexas” e precisam de mais de um parâmetro. Nestes casos, os parâmetros são colocados nos parênteses, separados por uma vírgula, como o comando (\t(22,22\). 

Itálico

  • \i1
  • \i0
Colocar ou tirar o itálico, o \i1 habilita o itálico e o \i0 desativa.

Negrito (Realce)

  • \b1
  • \b0
  • \b <tamanho>

Colocar ou tirar o negrito. Use o \b1 para habilitar o negrito e \b0 para desativar o negrito.

Usar o  \b <tamanho> permite que você especifique o tamanho que irá querer. Mas a maioria das fontes suportam apenas o tamanho 1 ou 2, então você raramente precisará usar isto.

Exemplo:

  • Eu {\b1}não[\b0} sou chato

A palavra “não” está escrita em negrito.

Exemplo:
  • {\b100} Como {\b300}você {\b500}consegue {\b700}fazer {\b900}isso?

As palavras são escritas com um tamanho ainda maior. Note que a maioria das fontes não podem aumentar muito o tamanho, nesse caso você só poderá usar o {\b1} ou {\b0}

Sublinhado

  • \u1
  • \u0

Colocar ou tirar o texto sublinhado. Use o \u1 para habilitar o sublinhado e \u0 para desativar.

Texto Riscado

  • \s1
  • \s0

Colocar ou tirar o Risco. Use o \s1 para habilitar o risco e \s0 para desativar.

Tamanho da Borda

  • \bord <tamanho>
Altere a largura da borda ao redor do texto. Coloque o tamanho em0 (zero)” para desabilitar a borda.
Se o tamanho da borda já estiver habilitada no estilo da fonte, esse será o tamanho predefinido.
Exemplo:
  • \bord0

Desativa a borda.

Exemplo:
  • \bord3.7

Aumenta a largura da borda para 3,7 pixels

Tamanho da borda (estendido)

  • \xbord <tamanho>
  • \ybord <tamanho>

Use as tags \xbord \ybord para definir o tamanho da borda nas direções X e Y. Isso pode ser útil para corrigir o tamanho da borda. Note que se você usar \bord depois de \xbord ou \ybord em uma linha, ele substituirá os dois. Você pode definir a largura da borda para 0 (zero), para anular a borda naquela direção. ( só funciona com o X e Y)

Sombra

  • \shad <profundidade>
Altere a profundidade da sombra ao redor do texto. Coloque o tamanho em0 (zero)” para desabilitar a sombra.
Se o tamanho da borda já estiver habilitada no estilo da fonte, esse será o tamanho predefinido.

Sombra (estendida)

  • \xshad <profundidade>
  • \yshad <profundidade>
Use as tags \xshad , e \yshad para definir a profundidade da sombra nas direções X e Y. Isso pode ser útil para corrigir a profundidade. Note que se você usar \shad , depois de \xshad ou \yshad em uma linha, ele substituirá os dois. Você pode definir a profundidade da sombra para 0 (zero), para anular a sombra naquela direção. ( só funciona com o X e Y). Observe que ao contrário de \shad, você pode posicionar a sombra na parte superior ou esquerda do texto.

 

Efeito para Embaçar. (Meio que desfocar)

  • \be0
  • \be1
  • \be <força>
Habilitar ou desabilitar um sutil desfoque nas bordas do texto. O efeito nem sempre é muito visível, mas em alguns casos pode fazer o texto parecer melhor. É geralmente mais visível textos de tamanho pequeno.
Esteja ciente de que esta tag desfoca as bordas do texto. Isto significa que se o texto tem uma borda (definido com \bord) seus lados vão desfocar, mas se não nenhuma borda, o texto principal será desfocado.

Na versão estendida, a força, é quanto você aplicará o efeito. Se utilizar valores muito altos o efeito pode ser quebrado. Se quiser desfocar mais o \blur é melhor.

Efeito para Embaçar(Gaussian do kernel)

 

  • \blur <força>
Em geral, ele tem a mesma função da tag ‘\be’, mas ele usa um algoritmo mais avançado que o faz parecer mais forte. Ao contrário de \be, a força pode não ser total. Se quiser desabilitar o efeito coloque em 0(zero). Se você deixar o blur com uma força elevada poderá consumir muito a CPU.

Esteja ciente de que esta Tag desfoca as arestas do texto. Significa que se o texto tem uma borda (definida com ‘\bord’) ela será desfocada, mas se não nenhuma borda, o texto principal será desfocado.

Nome da fonte

 

  • \fn <nome da fonte>
Ponha o nome da fonte que será usada. Vale lembrar que tudo deve ser escrito junto, sem o uso de espaço.

Exemplo:

  • \fnArial

O texto ficará em Arial.

Exemplo:
  • \fnTimes new Roman

O texto ficará em Times New Roman.

Tamanho da fonte

\fs <tamanho>

Defina o tamanho da fonte. O tamanho é baseado na altura em pixel da escrita.
Exemplo:
  • \fs10

A fonte estará com o tamanho 10.

Escala de fonte

  • \fscx <escala>
  • \fscy <escala>

Ajustar o tamanho do texto no X (\fscx ou na direção Y (\fscy). A escala é dada é em porcentagem, ou seja, o 100 significa o “tamanho original”. Isso também afeta os desenhos vetoriais. Você pode usar isso para deixar a fonte no tamanho que você deseja, o que é bem melhor que usar o \fs.

Exemplo:
  • \fscx150
Tornar o texto 50% maior do que o normal.
Exemplo:
  • \fscy50

Faz o texto ficar com metade da altura.

Exemplo:
  • \fscx200\fscy200

Deixa com o dobro do tamanho do texto.

Espaçamento entre letras

  • \fsp <espaço>
Altera o espaçamento entre as letras no texto. Você pode usar isto para deixa o texto mais legível. O espaçamento pode ser negativo e pode ficar em casas decimais.

Rotação do Texto

  • \frx <quantidade>
  • \fry <quantidade>
  • \frz <quantidade>
  • \fr <quantidade>

Gira o texto ao longo do eixo X, Y ou Z.  A tag \fr é um atalho para \frz.

  1. Eixo X funciona horizontalmente na tela. Girá-lo (com valores positivos) provoca um efeito onde o topo do texto se move mais ao longe “na” tela, enquanto parte inferior vai para “fora” da tela.
  2. O eixo Y vai verticalmente na tela. Girá-lo (com valores positivos) faz com que o texto gire para a esquerda, movendo-o para “fora” da tela, deixando os movimentos corretos “dentro” da tela.
  3. Eixo Z é perpendicular à tela. Girá-lo (com valores positivos) faz com que o texto a rode em 2D, no sentido anti-horário.
A quantidade de rotação é dada em graus matemáticos, onde 360 graus é uma rotação completa. A rotação é realizada em torno do ponto de origem da linha, isto é descrito com a tag \org. Essa Tag afeta os desenhos vetoriais.
Exemplo:
Fr_sample02-adbe585f
Fr_sample03-6cb137c2
Fr_sample01-fc0bc5f4

Ferramenta de Corte

  • \fax <fator>
  • \fay <fator>
Faça um corte no texto (distorção de perspectiva). deixá-lo em zero, faz com que ele não se distorça. Geralmente o fator será bem pequeno.
 shearing-fc574a21

Defina a Cor

  • \c&H<bb><gg><rr>&
  • \1c&H<bb><gg><rr>&
  • \2c&H<bb><gg><rr>&
  • \3c&H<bb><gg><rr>&
  • \4c&H<bb><gg><rr>&
Defina a cor do texto seguinte. A tag \c é uma abreviação de \1c.
  1. \1c define a cor do preenchimento primário.
  2. \2c define a cor do preenchimento secundário. Só se usa para ser a segunda cor do karaokê.
  3. \3c define a cor da borda.
  4. \4c define a cor da sombra.

Códigos de cores devem sempre começar com &H e terminar com &. Os botões de barra de ferramentas podem ajudar a escolher as cores e inserir os códigos de cor.

Tranparência

  • \alpha&H<aa>
  • \1a&H<aa>
  • \2a&H<aa>
  • \3a&H<aa>
  • \4a&H<aa>

O alpha torna o texto transparente.

  • \alpha deixa tudo transparente.
  • \1a deixa a cor primaria transparente.
  • \2a deixa a cor secundária transparente.
  • \3a deixa a borda transparente.
  • \4a deixa a sombra transparente.

Alinhamento da Linha

  • an<posição>
  • a <posição>

O efeito an, é usado para alinhar o texto, mas se tiver algum comando de posicionamento ele será anulado. O alinhamento usa o teclado numérico como referência. #O \a faz a mesma coisa pelo menos ainda não vi diferença.

  1. Inferior esquerdo
  2. Inferior central
  3. Inferior direito
  4. Médio esquerdo
  5. Médio centro
  6. Médio direito
  7. Superior esquerdo
  8. Centro superior
  9. Superior direito

Quebra de Linha

  • \q<estilo>

Determine qual o tipo de quebra de linha você quer. Os estilos estão a seguir:

  • 0: Quebra de leve, ele deixa a linha ter uma quebra quase perfeita.
  • 1: Quebra de fim de linha, deixa a primeira linha o mais perfeito possível, e depois quebra o final.
  • 2: Irá dar continuidade a linha, fazendo-a ultrapassar até a largura total do vídeo.
  • 3: Quebra inteligente, é semelhante a quebra 0, mas as linhas de fundo são mais largas.

Resetar

  • \r
  • \r<estilo>

O \r irá apagar todos os comando colocados até que ele seja usado, e quanto ao \rArial < você pode definir outro efeito diferente para determinada parte da linha, como tamanho, fonte…

Exemplo

  • -Olá\N{\rArial}-Huh?\N{\r}-quem é você?

Posicionamento

  • \pos(<X>,<Y>)

Ponha o texto em uma determinada coordenada, elas são baseadas no alinhamento em X e Y dependendo do vídeo. Aqui vai algumas imagens que mostram isso.

Pos_sample03-9cbc61f5Pos_sample02-8eede0ccPos_sample01-ab6f7b63

Movimento

  • \move (<x1>,<y1>,<x2>,<y2>)
  • \move (<x1>,<y1>,<x2>,<y2>,<t1>,<t2>)

O \move é semelhante ao\pos” onde posiciona a linha da legenda, a diferença é que \move faz a linha se mover.

As duas versões do \move apenas mudam o movimento que a linha fará, enquanto o outro, você especifica o tempo o qual ocorrerá o movimento.
As coordenadas X1, y1, X2 e y2 são a localização da linha, como em \pos. Primeiro a linha começará no ponto (x1, y1) e se moverá com velocidade constante, e então ele termina no ponto (x2, y2). O alinhamento pode influenciar na movimentação da linha.
Na segunda versão do \move, os tempos t1 e t2 são feitos em milissegundos, e são relativos ao horário de início das legendas. Por exemplo, ovalor de t1 com 1500, significa que o movimento começa em 1,5 segundos (1 segundo e meio), após a linha aparecer na tela. Quando você especificar tempos do movimento, a posição da legenda será:
  1. Antes de t1, a linha ficará parada na coordenada (x1, y1).
  2. Entre t1 e t2, a linha se moverá com velocidade constante da coordenada (x1, y1) para (x2, y2).
  3. Após t2 a linha ficará parada na coordenada (x2, y2).

Observe que é interessate usar t1 e t2 com uma duração maior que a própria linha, mas não é muito útil. Colocar o t1 e t2 , em 0 (zero) é a mesma coisa que usar a primeira versão do \move, ou seja, o movimento ocorrerá no início da linha até o seu termino.

Existem algumas coisas que o \move não pode fazer:
  • Velocidade que não seja constante não é possível. Por exemplo, o movimento começar devagar e terminar rápido.
  • pode haver uma tag de posicionamento ou de movimento em uma linha.

Se você precisar fazer alguma coisa que seja necessário usar esses dois movimentos inutilizáveis com o \move , você pode dividir a linha em partes, geralmente por frame, e o resultado será mais satisfatório.

Exemplo:
  • \move(100,150,300,350)
Quando a linha for exibida na tela, a linha estará na coordenada (100.150) e ele vai se mover a uma velocidade constante até chegar no ponto (300.350).
Exemplo:
  • \move(100,150,300,350,500,1500)
A linha aparece em (100.150). Depois que a linhaser exibida por meio segundo (500 milissegundos) ela irá para a coordenada (300.350), ele vai chegar no ponto em um segundo e meio (1500 milissegundos) depois da linha aparecer.

Rotação

  • \org(<X>,<Y>)
Defina o ponto onde vai querer a rotação. isso vai afetar toda a rotação da linha. Quando não nenhuma tag de \org em uma linha, a posição da linha será reta. Pode haver no máximo uma \org em uma única linha, se você colocar mais de uma, apenas a primeiro será utilizada.
Exemplo:
  • \org(320,240)

Coloca a linha em rotação na coordenada (320.240).

Exemplo:
  • \org(10000,0)
Colocar a origem da rotação em um ponto mais distante fará com que você useo \frz para produzir um efeito de “pulo”; o texto irá se mover para cima ou para baixo sem parecer que está girar.

Fade

  • \fad(<fade de entrada>,<fade de saída>)
Produzir um efeito de desvanecer no começo e no fim. Os tempos de fadein e fadeout são feitos em milissegundos, ou seja, 1000ms significa um segundo. Você pode deixar o fadein, ou fadeout em 0 (zero) para retirar o efeito.

Adicionar um efeito de fade não aumenta a duração da linha, pelo contrário, o início ou o fim do tempo de exibição da linha é usado para o efeito de desaparecimento. Por esse motivo, você deve ser cuidadoso para não colocar um valor maior que a duração da linha. Por exemplo, para uma linha exibida durante 4 segundos, a soma do fadein + fadeout não deve ser maior que 4000.

Exemplo:
  • \fad(1200,250)

Desvanece a linha no começo em 1,2s, vai desvanecer a linha em 0,2s no final.

Anúncios